quinta-feira, 13 de junho de 2013

A história do NBB, Novo Basquete Brasil







Novo Basquete Brasil: Primeiros Anos (14 e 15 equipes)

O Novo Basquete Brasil foi criado pela LNB. A Liga Nacional de Basquete foi lançada em dezembro de 2008, reunindo as principais lideranças e os mais representativos clubes do basquete brasileiro, com o objetivo de reconduzir o esporte ao posto de segundo mais popular do Brasil, atrás apenas do futebol. Baseada no que há de mais moderno e bem-sucedido no conceito de gestão esportiva no mundo, a LNB traz ao País a ideia consagrada pela NBA: uma liga independente, gerida pelos próprios clubes. Começou sendo presidida por Kouros Monadjemi. A LNB contava, na primeira temporada, com 15 clubes associados, que participam do NBB, que é organizado pelos clubes, em parceria com a Rede Globo e chancela da Confederação Brasileira de Basketball (CBB). Os jogos acontecem de acordo com as regras da FIBA.

A primeira edição do NBB começou no dia 28 de Agosto de 2008 e terminou no dia 18 de julho de 2009, sendo disputada por 15 franquias3 . O campeão foi o time do Flamengo, terminando em 1º lugar na primeira fase e vencendo Pinheiros e Joinville em 3 jogos e Brasília em 5 jogos, na primeira final da NBB (os playoffs tem no máximo 5 jogos), também elegendo o MVP Marcelinho Machado.

A segunda temporada do NBB, teve as baixas dos times de Limeira e Saldanha da Gama e a adição do Londrina, com isso a NBB teve sua primeira e única temporada com 14 equipes. O título acabou nas mãos do vice-campeão da temporada anterior, o Brasília, que repetiu as finais da temporada anterior e levou da mesma forma que o adversário anteriormente (3-2) para ser o campeão do NBB 2009-10, mas o prêmio de MVP da temporada regular acabou com o mesmo da temporada anterior, Marcelinho Machado.

Assim começou a dominância do time de Brasília, que viria a ganhar mais 2 títulos, dessa vez sobre os paulistas Franca e São José, também elegeu o MVP da temporada regular do NBB 2010-11, Guilherme Giovannoni, já o MVP do NBB 2011-12, acabou nas mãos do vice-campeão Murilo Becker. A temporada 2010-11 marcou a volta do time de Limeira à competição, e a saída de Londrina após apenas um ano, além da entrada de Uberlândia. Já a temporada de 2011-12 teve a saída do time de Assis para a entrada do Tijuca. Nas 2 competições o campeonato voltou a ter 15 competidores.

A partir do ano de 2011 também começou a ser realizada a Liga de Desenvolvimento de Basquete, vencido pelo Flamengo em 2011 e pelo Bauru em 2012, a terceira edição da liga começará no dia 24 de junho de 2013.

18 equipes e volta de times tradicionais

Foi anunciado que a temporada 2012-13 do NBB teria a participação de 18 equipes, sendo 2 as finalistas da Copa Brasil de Basquete, que acabou se tornando uma 2ª divisão da liga, os finalistas Palmeiras e Mogi das Cruzes ingressaram na liga, junto com o Basquete Cearense e a volta do Assis, agora sob o nome e cidade de Suzano. A temporada teve como campeão novamente o time do Flamengo, que conquistou seu segundo título, também levando o MVP da temporada, com o ala Marquinhos.

A popularização do NBB têm se tornado um estímulo para os clubes tradicionais retornarem ao basquete, ao exemplo do próprio Palmeiras. O Fluminense FC também criou novamente seu time de basquetebol a nivel profissional, indo até o Torneio de Promoção NBB 2013, mas perdendo as vagas para a edição 2013-14, para o Macaé e o Tijuca, sendo que o outro participante do quadrangular, o Suzano Basquete havia desistido de participar do campeonato e deixou o NBB.

0 comentários:

Postar um comentário


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...